Vacinas: Moderna também parece funcionar contra novas variantes

A empresa de biotecnologia Moderna garantiu esta segunda-feira, em comunicado, que a sua vacina também parece funcionar contra as variantes ‘britânica’ e ‘sul-africana’ do SARS-CoV-2 – significativamente mais contagiosas. Os primeiros testes de laboratório sugerem que os anticorpos desencadeados pela vacina podem reconhecer e combater estas novas estirpes, avança a BBC.

Esta é a segunda vacina contra a Covid-19 a mostrar uma provável eficácia contra as novas variantes, ainda que a empresa admita a necessidade de mais estudos.

Na semana passada, foi anunciado que a vacina da Pfizer-BioNTech parece proteger contra a mutação do novo coronavírus detetada no Reino Unido. Antes disso, em testes preliminares, a mesma vacina foi considerada provavelmente eficaz contra uma mutação chave, chamada N501Y, encontrada em ambas as variantes.

Recorde que todos os vírus sofrem mutações e o SARS-CoV-2, responsável pela doença Covid-19, não é exceção. Essas mudanças genéticas acontecem à medida que o vírus faz novas cópias de si mesmo para se espalhar e prosperar. A maioria é irrelevante, mas algumas podem torná-lo mais infeccioso ou ameaçador para o hospedeiro. É o caso das variantes detetadas no Reino Unido e na África do Sul, que já provaram ser mais contagiosas.

Fonte: Notícias ao Minuto

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário