Separar para ajudar

Recolha seletiva de resíduos no Senhor de Matosinhos reverte a favor do Kastelo

Matosinhos é um dos municípios que se associou à Lipor para participar numa campanha de sensibilização dos cidadãos para a importância da separação correta dos resíduos em vários eventos no verão, apoiando simultaneamente uma causa social.
O Kastelo, em S. Mamede de Infesta- a primeira Unidade de Cuidados Continuados e Paliativos para Crianças da Península Ibérica- gerido pela Associação No Meio do Nada, foi a instituição escolhida.
Em função da quantidade de resíduos recicláveis recolhidos, é atribuído um benefício a causas sociais e de apoio à comunidade, promovendo práticas conforme os preceitos da economia circular e da responsabilidade social.
A campanha destina-se aos cidadãos que que visitarem as Festas do Senhor de Matosinhos, mas também aos comerciantes presentes no evento.

Além da romaria do Senhor de Matosinhos, a campanha de recolha seletiva irá realizar-se em outros eventos como a Festa de S. João na Senhora da Hora, o Verão Cultural de Leça do Balio e a FEST’AGRO – Feira Agrícola de Lavra

Paralelamente decorre o projeto de recolha seletiva de resíduos verdes em jardins, que conta também com o envolvimento de Matosinhos. A campanha prevê que os cidadãos possam separar os resíduos verdes que produzem nos seus jardins e encaminhá-los gratuitamente para recolha através de um sistema específico. Os resíduos serão depois transformados em adubo natural.
Os dois projetos contam com o apoio de fundos da União Europeia, através do PO SEUR.

Notícia: Jorge Côrte-Real

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário