Portugal conquista medalha de ouro em Nova Iorque com azeite português

O World’s Best Olive Oils 2019 é um dos maiores e mais prestigiados concursos a nível mundial que todos os anos reúne e reconhece os melhores azeites do mundo, pelo que Henrique Herculano, diretor de Marketing da CAMB, afirma que “este novo reconhecimento tem uma importância especial para a nossa cooperativa, já que vem reforçar a qualidade do Azeite Virgem Extra Premium CAMB e do que se faz em Portugal e, em particular, no Alentejo”.

Já em abril deste ano, o Azeite Virgem Extra Premium CAMB havia sido reconhecido com medalhas de prata no concurso internacional ‘Olive Japan 2019’ e no ‘World Edible Oils Paris 2019’ (17ª edição do concurso internacional da AVPA-Paris 2019).

O Azeite Virgem Extra Premium CAMB contém um aroma inicial de erva e maçã verde, deixando na boca a frescura dos aromas verdes, assentes numa textura fina. No seguimento da prova, surge um amendoado discreto cuja suavidade contrasta com um amargo moderado e um leve mas notório picante.

O Azeite Virgem Extra Premium CAMB revela-se ideal para entradas, saladas, acompanhamentos de arroz ou massas e também para grelhados de carne e peixe, aprimorando o empratamento e transformando qualquer refeição numa fascinante degustação.

O Azeite Virgem Extra Premium CAMB é um produto de alta qualidade que, em 2016, recebeu medalha de ouro em Los Angeles, duas estrelas de ouro no ITQI Bruxelas e menção honrosa em Pequim, tendo sido ainda premiado com medalha de ouro, na categoria frutado maduro, no concurso Mario Solinas (o principal concurso internacional na área dos azeites virgens extra, organizado pelo International Olive Oil Council). Em 2017, este azeite foi distinguido como finalista da categoria frutado maduro no Mario Solinas Portugal e conseguiu a medalha de prata em Nova Iorque, continuando a ser reconhecido pela sua extraordinária qualidade. Em 2018, o Azeite Virgem Extra Premium CAMB recebeu igualmente medalha de prata no Olive Japan, medalha de ouro Gran Prestígio no Olivinus e Menção Honrosa no Argoliva.

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário