Pelo menos doze mortes em sismo na China

Pelo menos doze mortos e outras 134 feridos, após sismo, com uma magnitude de 6,0 na escala de Richter, registado na província de Sichuan, no centro da China, informou a agência noticiosa oficial Xinhua.

O sismo ocorreu segunda-feira dia 17 às 22:55 (15.55, em Lisboa) no condado de Changning, detalha a agência. O epicentro foi localizado a uma profundidade de 16 quilómetros.

O Ministério chinês de Gestão de Emergência enviou equipas de socorro para as áreas afetadas para coordenar as operações de resgate e assistir os sobreviventes e enviadas 5.000 tendas, 10.000 camas dobráveis e 20.000 edredões.

Sichuan é uma das províncias da China mais propensas a terramotos. Em 2008, sofreu um dos piores terramotos das últimas décadas, que fez 90.000 vítimas, entre mortos e desaparecidos.

Devido à fricção das placas tectónicas da Ásia e da Índia, a região oeste da China é frequentemente abalada por terramotos, embora, em bastantes casos, os terramotos ocorram em áreas de poucadensidade populacional, como o Planalto Tibetano ou os desertos da Ásia Central.

Esta manhã na China, outro movimento sísmico foi sentido na mesma área, desta vez de 5,3 graus.

Notícia: Jorge Côrte-Real


Publicações Relacionadas

Deixe um comentário