Pai de Meghan Markle: “Seria melhor para ela se eu estivesse morto”

É a entrevista mais polémica que deu até ao momento. Falou com o Mail on Sunday durante nove horas, ao longo de três dias. Thomas Markle, pai de Meghan Markle, diz que a filha mudou de números, teme nunca ver os futuros netos e afirma não querer saber se Harry alguma vez lhe falará.

Eu estou muito magoado que ela me tenha ‘cortado’ totalmente. Eu tinha um número de telefone para as assistentes pessoais dela, mas depois de ter criticado a casa real ter moldado a Meghan, os números estão agora desconectados e não tenho forma de falar com ela“, revela Thomas Markle.

Mas há mais. Thomas Markle receia que a filha nem veja a sua mensagem de aniversário quando Meghan celebrar 37 anos, no próximo sábado. Depois começam as frases mais polémicas. Thomas avança que daria menos problemas se não estivesse vivo e que assim “toda a gente teria empatiapor Meghan Markle.

No decorrer da entrevista, a partir de sua casa, no México, Thomas não está preocupado sobre a opinião de Harry, apenas com o facto de, no futuro, não o deixarem conhecer os netos.

A Diana odiaria a forma como tenho vindo a ser tratado“, confessa. Numa outra parte, Thomas fala sobre a “superioridade” de Meghan Markle e que é a ele que a duquesa lhe deve tudo

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário