Mãe de menina de 11 anos que morreu na bagageira em acidente de carro pode ir presa

A mulher que conduzia o carro com a filha menor de 11 anos na bagageira, que acabou por morrer, depois de uma colisão com outro veículo, em Cascais, pode vir a ser acusada de pelo menos dois crimes.

O acidente aconteceu pelas 00:20 horas de domingo, na Rua da Ponte, junto ao stand da Toyota, em Alcabideche, depois de terem participado nos festejos da vitória do Benfica no campeonato. No carro estavam oito pessoas, incluindo duas crianças, que seguiam na bagageira: uma menina de 11 anos e um rapaz de 13.

Perto da Sociedade de Manique, a condutora subiu uma estrada em sentido contrário. A descer vinha outro veículo, com cinco pessoas. O embate foi violento, o carro que seguia em sentido contrário capotou e Mariana Rosário, de 11 anos, teve morte imediata .

Do acidente resultaram ainda sete feridos, todos ligeiros – incluindo o menino de 13 anos que seguia ao lado da amiga na bagageira – e todos já tiveram alta hospitalar.

A autópsia da menina será levada a cabo hoje no gabinete médico legal do Cemitério da Guia, em Cascais. O funeral poderá ter lugar esta terça-feira.

Notícia: Cassandra Pinto

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário