Hospitais de Braga, Matosinhos e Penafiel vão passar a receber doentes infetados pelo coronavírus

Hospitais de Santo António e de São João, no Porto, estão cheios. Novas unidades hospitalares vão ser ativadas para passar a receber casos suspeitos de infeção por Covid-19.

No norte do país, foram mobilizados novos hospitais, que estavam na retaguarda, depois de os hospitais de Santo António e de São João, no Porto terem esgotado a capacidade para receber mais doentes infetados pelo novo coronavírus. De acordo com a Direção-Geral da Saúde (DGS), os quartos de pressão negativa dos dois hospitais estão cheios com “os dois casos positivos” já conhecidos e também os casos “suspeitos que lá estão neste momento”.

Em declarações à TSF, o presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Norte, Carlos Nunes, revelou que as novas unidades já ativadas são o Hospital Padre Américo (Centro Hospitalar Tâmega e Sousa), em Penafiel, e o Hospital de Braga. Já na quarta-feira, vai ser ativado o Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos.

“Estamos preparados, se for necessário, para ir ativando outros hospitais, à medida que a procura e a necessidade de validar casos suspeitos se apresente”, adiantou Carlos Nunes.

“É muito importante que as pessoas que têm estes sintomas e que têm ligação a estes países – a China e a Itália – contactem a linha SNS24, que será quem encaminhará, depois, estes utentes para o médico de família ou para o hospital”, lembrou o presidente da ARS do Norte.

O surto de Covid-19, detetado em dezembro, na China, e que pode causar infeções respiratórias como pneumonia, provocou mais de três mil mortos e infetou quase 90 mil pessoas em 67 países, incluindo duas em Portugal.

Fontes: tsf

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário