Final do Mundial de Hóquei em patins: Argentina – Portugal

Portugal é campeão do mundo de hóquei em patins. Nas grandes penalidades os portugueses levaram a melhor sobre os argentinos com Ângelo Girão a fazer uma exibição sublime.

Um jogo equilibrado entre duas grandes seleções, com a equipa de Renato Garrido a ter muitas oportunidades mas também a saber sofrer em momentos cruciais. Após uma partida sem golos no tempo regulamentar foi nas grandes penalidades que se decidiu o título.

Mais uma vez, Ângelo Girão foi a grande figura. Apenas Nicólia conseguiu marcar ao guardião luso, que defendeu os penáltis de Pascoal, Álvarez, Ordoñez e Platero.
Do lado português, Gonçalo Alves e Hélder Nunes marcaram para a equipa das quinas que volta a revalidar um título que fugia a Portugal desde 2003. Festa na Catalunha, com os muitos portugueses no pavilhão a festejarem o triunfo do novo campeão do mundo.

Ângelo Girão descreveu a equipa que alcançou o título mundial de hóquei em patins como “enormes”. O guarda-redes luso, um dos melhores jogadores deste mundial, elogiou os colegas de equipas pela entrega e amizade que os liga. “Fomos buscar força à equipa. Nós somos uma verdadeira equipa. Os adeptos não nos conhecem e apesar de jogarmos uns contras os outros durante o ano, somo amigos e isso nota-se cá dentro do campo”.
“Fizemos das nossas fraquezas, do nosso cansaço, força. A equipa correu imenso, bateram-se à frente de todas as bolas. Fomos enormes”.

Já Hélder Nunes destacou o verdadeiro espetáculo que se viveu dentro do rinque. O jogador do Barcelona lembrou que foi um jogo difícil, que terminou sem golos e exaltou o público que esteve presente no pavilhão a apoiar a seleção portuguesa. “Um jogo que fica 0-0, pode ser contraditório, mas foi um grande espetáculo. Espero que os portugueses estejam orgulhosos. Contra a Itália passámos mal e mostrámos o nosso valor cá dentro. Isto é mais que uma família”.
“Já tínhamos feito história e agora estamos na história. O hóquei em patins está bem vivo. Portugal é isto, Portugal são estas pessoas. Esta vitória não é só nossa, é de todas as pessoas presentes aqui”.

Notícia: Daniel Bento

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário