Concerto do pianista Vasco Dantas

Ciclo de piano chega ao fim neste sábado, 29 de junho

O concerto final do Ciclo de piano, gratuito e marcado para este sábado, dia 29 de junho, às 19 horas, será protagonizado por Vasco Dantas, um matosinhense que já conquistou mais de 50 prémios em concursos internacionais em diversos países, tendo atuado em 20 países de quatro continentes.

O recital de Vasco Dantas abrirá com as obras “Jeux d’eau” (1901) e “Gaspard de la Nuit” (1908), que Maurice Ravel compôs a partir de poemas/fantasias de Louis Bertrand. De Debussy ouvir-se-ão “La Cathedral Engloutie” e “Ce qu’a vu le vent d’Ouest”, peças retiradas dos “Préludes, livre I”, às quais se seguirão os “10 Prelúdios” que Luís de Freitas Branco criou entre os anos de 1914 e 1918, e dedicou a Vianna da Mota.

Da vasta obra do húngaro Franz Liszt, arrojada e revolucionária, Vasco Dantas interpretará as composições “Jeux d’eau à la Villa d’Este”, retirado do III volume dos “Années de Pèlerinage”, a “Ballade Nº2” e “Auf dem Wasser zu singen” e o seu recital encerrará com a transcrição que, em 1904, o polaco Schulz-Evler fez da valsa “Danúbio Azul”, de Johann Strauss.

O Ciclo de piano começou a 4 de Maio do programa Música em Matosinhos e trouxe com ele Mário Laginha, Pedro Burmester, Fausto Neves, Luís Pipa e Marta Meneses ao Estúdio da Orquestra Jazz de Matosinhos. A Música em Matosinhos, programa de música erudita da Câmara Municipal de Matosinhos, acontece há mais de uma década e inclui este ano, entre outros, um conjunto de recitais também gratuitos do Quarteto de Cordas de Matosinhos nas igrejas do concelho, com o objetivo de descentralizar e democratizar o acesso e o usufruto da música clássica.

Notícia: Jorge Côrte-Real

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário