Matosinhos poupa 150 mil euros na animação de Natal e dinheiro será canalizado para o comércio

Este ano, e devido à pandemia, Matosinhos decidiu poupar na animação da época natalícia, nomeadamente nas iniciativas que implicam a concentração de pessoas, tais como espetáculos, concertos, fogo de artifício e a “tradicional instalação de luz e som” frente aos paços do concelho, adiantou Luísa Salgueiro à Lusa. A verba poupada, de 150 mil euros, será transferida para o Fundo de Emergência Municipal – Empresas e servirá para apoiar os pequenos estabelecimentos comerciais deste concelho, do distrito do Porto. A autarquia decidiu manter a iluminação das ruas, que já estão…

Leia Mais

Covid-19: Matosinhos encerra comércio às 21h e restaurantes às 22h

A Câmara de Matosinhos decretou nesta quarta-feira o encerramento dos estabelecimentos de comércio a retalho e de prestação de serviços às 21h, dos restaurantes às 22h e o reforço do policiamento a partir deste fim-de-semana. Em conferência de imprensa, a presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro, afirmou que a adopção destas medidas “vai permitir combater esta fase mais dura”, sem que seja necessária “uma ruptura dos serviços de saúde”. Os membros da saúde pública presentes na iniciativa destacaram que, no início do mês de Outubro, a incidência de infecções…

Leia Mais

Aprovado o uso obrigatório de máscara na rua por três meses

O Parlamento aprovou esta sexta-feira o projeto-lei do PSD que impõe o uso obrigatório de máscara em espaços públicos durante pelo menos três meses, uma medida que poderá ser renovada.  Depois de ter sido votado na generalidade, o diploma foi de seguida aprovado em votação final global, contando com com os votos favoráveis do PSD, PS, CDS e PAN.  PCP, PEV, BE e a deputada Joacine Katar Moreira optaram pela abstenção. Iniciativa Liberal votou contra. O deputado único do Chega esteve ausente na votação. Na votação na especialidade foram aprovadas algumas alterações ao texto do PSD: por proposta…

Leia Mais

Proibidas as deslocações entre concelhos de 30 de outubro a 3 de novembro

O Governo vai proibir a deslocação entre concelhos entre 30 de outubro e 3 de novembro, aprovou esta quinta-feira o Conselho de Ministros. A proibição vigora até 3 de novembro às 24 horas, segundo o jornal Observador. O Conselho de Ministros decidiu ainda decretar o dia 2 de novembro como dia de luto nacional em memória das vítimas da pandemia de covid-19. O semanário Expresso avança ainda que o Governo vai decretar medidas específicas para  Lousada, Felgueiras e e Paços de Ferreira, concelhos do distrito do Porto onde as novas…

Leia Mais

Há quase 3 mil vagas na 3.ª fase do Concurso Nacional do Ensino Superior

No âmbito da 3ª e última fase do Concurso Nacional de Acesso 2020, há um total de 2.939 vagas que serão disponibilizadas. As candidaturas decorrem entre esta quinta-feira, 22 de outubro, e o dia 26 de outubro. Como dá conta o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, prevê-se que os resultados desta fase do concurso sejam divulgados no dia 30 de outubro. Com esta 3.ª fase, o Concurso de 2020 ficará então concluído e estima-se que “o número total de novos ingressos no ensino superior em todos os ciclos…

Leia Mais

‘Novo’ lay-off mais abrangente a partir de hoje, que pode chegar aos 100%

As alterações ao apoio extraordinário à retoma progressiva, aprovadas pelo Conselho de Ministros, foram publicadas em Diário da República e entram em vigor esta terça-feira. Em causa está, por exemplo, a possibilidade de reduzir em 100% os horários de trabalho para as empresas mais afetadas pela crise. Além disso, empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O regime criado em agosto previa apenas reduções de horário para quebras de faturação iguais ou superiores a 40% e…

Leia Mais

Covid-19: Idosos em lares podem receber mais do que uma visita por semana

Numa informação divulgada no seu ‘site’ e que atualiza a que tinha sido publicada em maio, quando as visitas aos lares foram retomadas, a DGS diz que, “de acordo com as condições técnicas das estruturas ou unidades, as visitas devem realizar-se pelo menos uma vez por semana”, mas alerta que cada autoridade de saúde local pode suspender ou restringir as visitas, de acordo com o evoluir da situação epidemiológica. “Mediante a situação epidemiológica local e na estrutura ou unidade (incluindo situações de surto) pode ser determinada, pela autoridade de saúde local, a restrição ou suspensão de visitas, por tempo limitado”,…

Leia Mais

Governo “confortável” com qualquer decisão da AR sobre uso da aplicação

O Governo está confortável com qualquer que seja a decisão que a Assembleia da República venha a tomar, porque o que está em causa são dúvidas, e esclarecimentos, que todos temos consciência que existem”, assumiu Mariana Vieira da Silva, quando questionada pela agência Lusa se o Governo pondera recuar na obrigatoriedade da aplicação “StayAway Covid”. Em declarações à margem da inauguração do 109º Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), a ministra de Estado e da Presidência disse que o Governo considerou “necessário dar este passo no sentido de…

Leia Mais

Calamidade: GNR já reforçou o patrulhamento e fiscalização das normas

A Guarda Nacional Republica (GNR) iniciou, esta quinta-feira, dia 15 de outubro, um reforço do patrulhamento e da fiscalização ao cumprimento das normas e medidas associadas à declaração da situação de calamidade, contribuindo para a prevenção da disseminação da Covid-19. Num comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, esta força militar explica que, com a entrada em vigor das novas medidas, os militares vão “orientar o patrulhamento e a visibilidade policial para os locais de maior circulação e propícios ao ajuntamento de pessoas, como as escolas, superfícies comerciais e outras áreas…

Leia Mais

Estado de calamidade e suspensão da refinaria de Matosinhos agravam risco nos combustíveis

A Entidade Nacional para o Setor Energético (ENSE) aumentou o nível de risco do sistema petrolífero nacional, ou seja, da disponibilidade de combustíveis, de verde para amarelo. As causas são duas: a declaração do estado de calamidade pelo Governo e a anunciada suspensão do funcionamento da refinaria de Matosinhos, uma das duas refinarias que existem em território português.Fonte da ENSE adianta à TSF que este risco amarelo significa, na prática, um estado de prontidão intermédio para o eventual caso de ser preciso ativar as reservas petrolíferas nacionais se existir falta…

Leia Mais