Apple está prestes a fechar o negócio para a compra da divisão de modems da Intel

Não é estranho que a relação entre a Apple e a Intel já teve melhores dias. O choque entre as empresas tem vindo a agudizar-se depois dos problemas com a Qualcomm e da incapacidade da empresa em ter uma solução.

Os rumores sobre a possibilidade de uma compra da divisão de modems Intel pela Apple nunca estiveram fora do radar e cada vez foram mais insistentes. Esta ideia ganhou agora um novo fôlego, com a informação de que este negócio poderá estar prestes a concretizar-se.

Apple Intel modems negócio Qualcomm

Apple pode estar a comprar a divisão de modems da Intel

Há já algum tempo que a Apple tem procurado isolar-se dos seus fornecedores. Assim, deixa de depender destes e dos seus problemas. Tem já do seu lado o desenho e construção de muitos dos componentes dos seus equipamentos, garantindo esta independência.

Por outro lado, e fruto do atraso do que tem face à concorrência, a Intel tem-se desinteressado do mercado dos modems. Isto leva a que tenha abrandado o desenvolvimento de novas propostas. A empresa foi mais longe e até desistiu deste mercado de forma global.

É neste ambiente que um novo negócio está aparentemente prestes a acontecer. Os rumores são fortes e as suas fontes são fidedignas e de confiança. De acordo com a informação existente, a Apple poderá estar prestes a comprar a divisão de modems da Intel.

Apple Intel modems negócio Qualcomm

A Intel terá ativos que vão libertar a Apple da Qualcomm

Caso este negócio se concretize, será curioso ver como será a posição destas duas empresas. Em especial a Apple, que conseguiu um acordo com a Qualcomm para a utilização de modems desta empresa. Depois de meses de embate nos tribunais, esta foi a forma de eliminar este problema.

Há ainda a questão da Apple ter declarado que a Intel não conseguiria apresentar um modem 5G na janela temporal do previsto para o iPhone. Assim, esta compra pode significar apenas que a gigante de Cupertino quer apenas garantir a tecnologia que a Intel trará.

Esta compra esteve supostamente prestes a acontecer no passado. Agora, e com o acordo com a Qualcomm e o abandono da Intel, a Apple pode aproveitar e ditar as suas regras. Terá assim uma vantagem para ditar as regras desta aquisição.

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário