Agora vai poder “voar” num túnel de vento no Grande Porto

Em estreia na Maia, uma experiência de queda livre num túnel de vento vertical. DreamFly Porto abre a 13 de Novembro com um tunel onde se podem gerar velocidades de vento até 270 km/hora. Em 2020 chega a Lisboa.

A empresa Dream Fly prepara-se para estrear na Maia um túnel de vento com “7 metros de altura por 3 metros de largura”, onde os mais aventureiros poderão ter uma “sensação de voo”.

Com a abertura marcada para 13 de Novembro – mas com reservas abertas a partir de dia 11 – esta aventura em queda livre acontece “em ambiente seguro”, disse à Fugas Tiago Matos, director de negócios da empresa.

“A velocidade do vento é ajustada ao tamanho da pessoa no voo, tornando o túnel de vento o local perfeito para experienciar a queda livre e praticar o bodyflying”, podemos ler no site da empresa.

Para usufruir do túnel não é preciso ter experiência prévia, asseguram. Já quanto a preços, estes variam. Por exemplo, uma experiência individual, com a duração de dois minutos (um minuto para cada voo), custa 54 euros para um adulto e 44 euros para crianças – dos 4 aos 12 anos. Estes dois minutos “correspondem” a dois “voos de 4000 mil metros de avião”.

Antes de começar a voar, “há uma preparação em que é dito aos participantes como colocar o corpo, como comunicar com o instrutor enquanto estiverem a voar, quais os acessórios necessários, entre outras coisas”.

Despedidas de solteiro, aniversários e até eventos corporativos, tudo é possível fazer nesta experiência que chega agora ao Grande Porto. Comprar voo em família (até cinco pessoas) também é opção e custa 225 euros. Neste pack estão incluídos dez voos, dois por cada pessoa, mas usufruem da experiência um de cada vez.

Há também a possibilidade de voar mais do que dois minutos, mas já para pessoas minimamente experientes.

Depois da presença a Norte, a DreamFly pretende chegar à Grande Lisboa, onde deverá abrir um espaço, em Rio de Mouro (Sintra), “no primeiro semestre de 2020”, adiantou à Fugas Tiago Matos.

Este Verão, já tinha chegado ao Algarve um túnel de vento, mais precisamente à Praia da Rocha (Portimão), pela empresa AirFly.

Fontes: publico

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário