Agência Europeia do Medicamento aprova vacina da AstraZeneca

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) aprovou, esta sexta-feira, a vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca.

Para que a vacina comece a ser administrada na União Europeia (UE) é agora necessário que a AstraZeneca obtenha aprovação da Comissão Europeia.

Em comunicado, a EMA sublinha que esta vacina pode ser administrada em pessoas maiores de 18 anos, sendo que a sua eficácia contra a Covid-19 pode ir até aos 90%.

A EMA reconhece ainda que, nos vários ensaios levados a cabo, participaram sobretudo pessoas com idades compreendidas entre os 18 e 55 anos, e não há ainda resultados suficientes nos participantes com mais de 55 anos para avaliar com rigor a eficácia da vacina acima desta faixa etária, mas argumenta que, “no entanto, é esperada proteção, já que se verifica uma resposta imunitária neste grupo etário e com base na experiência com outras vacinas”.

“Uma vez que existe informação fiável sobre segurança [da vacina] nesta população, os peritos científicos da EMA consideraram que a vacina pode ser utilizada em adultos mais velhos”, indica a agência, acrescentando que é aguardada “mais informação de estudos em curso, que incluem uma maior proporção de participantes mais idosos”.

Esta é a terceira vacina contra o novo coronavírus a obter um parecer científico positivo da EMA, sendo que já foram aprovadas as vacinas da Pfizer/BioNTech e da Moderna.

Portugal tem previsto receber entre o próximo mês e março cerca de 700 mil vacinas desenvolvida pela Universidade de Oxford e pela farmacêutica britânica AstraZeneca, apesar de ter sido acordado cerca de 1,4 de doses. A entrega de menos doses deve-se ao facto de o laboratório britânico ter recentemente anunciado que não irá cumprir o fornecimento das doses contratualizadas com a Comissão Europeia.

É de recordar que esta vacina foi primeiramente aprovada pelo Reino Unido, em finais do ano passado.

Fonte: Notícias ao Minuto

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário