250 mil euros foi o custo dos concertos de romarias em Matosinhos

Cinco concertos, incluindo os dos miticos GNR e o da brasileira Blaya, no senhor de matosinhos, custam 252 654 € ao municipio.

A autarquia assinou dois ajustes diretos numa semana. Com a In Ear foram contratados os espetáculos de David Fonseca e Carolina Deslandes – que atuam hoje e amanhã, nas Sete Bicas, Senhora da Hora- por 76 875€ .

Já os dois concertos da romaria de Matosinhos e o da Ana Moura – que atuará a 28 de julho, em Leça da Palmeira – têm o custo de 175 779 €, Incluindo o IVA.

Já os dois concertos da romaria de Matosinhos e o de Ana Moura – que atuará a 28 de julho, em Leça da Palmeira – têm um custo de 175 779 €, incluindo o IVA.

Estes três últimos espetáculos foram contratados com a PEV Entertainment, empresa responsável, entre outros eventos, pelo festival Marés Vivas, que decorrerá de 19 a 21 de julho, em Canidelo, Vila Nova de Gaia. 

Para o festival, a autarquia da margem sul do Douro deverá atribuir um apoio financeiro de 200 mil €, com IVA, sendo que o acordo de parceria será discutido na reunião de câmara na segunda-feira.

O Marés Vivas – com entradas pagas, ao contrário dos cinco espetáculos referidos em Matosinhos – contará, este ano, com nomes conhecidos como Sting, Snow Patrol, Keane ou Morcheeba.

Os concertos da Senhora da Hora e o de Ana Moura estão integrados no programa ‘Animar Matosinhos’, que incluirá um concerto dos Expensive Soul, a 31 de julho, e eventos como a Beach Party.

Notícia: Cassandra Pinto

Publicações Relacionadas

Deixe um comentário